Por que se dão mal os criadores?

halley10Há uma pergunta para que pouca gente encontrou resposta: por que é que os criadores não conseguem ter relações equilibradas e duradouras entre si?

Há logo uma resposta imediata possível, que nos diz que a culpa é dos egos e dos super-egos. Pode ser.

Apesar de não ser sociólogo, as relações humanas sempre me interessaram bem como a perspectiva lógica de todas as coisas, e vou expor aqui a minha teoria, que é apenas uma teoria e não pretende ofender ninguém.

No princípio de tudo há pessoas, depois profissionais e, em terceiro lugar, são pessoas profissionais dotados ou não de um hobby. Resumindo, primeiro a família, depois a profissão e em terceiro o hobby. Esta seria a ordem natural das coisas.

Há quem dê mais importância à profissão do que à família, mas geralmente essas pessoas acabam por também não ter tempo para hobbies. A maior parte segue a ordem natural das coisas e privilegia a família. Depois, o que ocupa o segundo lugar depende do sucesso que se tem na profissão. Se se for bem sucedido, ela vem logo depois da família e só depois há espaço para o hobby. Se não houver sucesso será o hobby a ocupar esse lugar.

Ora, qualquer pessoa precisa de ser bem sucedido a nível familiar e profissional. Se houver descontentamento, sobretudo a nível profissional, o seu instinto leva a que procure outro meio de afirmação social, que será então o hobby.

Quando o meio de afirmação é o hobby e o hobby a criação de animais o ponto de partida pode não ser o mais correcto. Ser bem sucedido será fazer um bom trabalho na criação ou ser reconhecido de qualquer forma como um peão importante no meio? A única forma de legitimação possível (e rápida) é através das exposições: de títulos menores que poucos conhecem o significado, ou de vitórias na mesmas. Pelo processo de seleção e criação vai demorar anos, talvez décadas, a consegui-lo.

Quantas vezes ouvimos dizer a um criador que ele está a fazer um bom trabalho ao fim de três ou quatro ninhadas, ou porque ganha exposições com um gato que comprou a outro criador? Não deveríamos esperar até ver mesmo «trabalho» ou encontrar gatos realmente da sua criação nos pódios deste país? Podíamos dizer «continua assim», seria bem mais correcto.

(Não vou incluir aqui os que estão nisto por dinheiro, que são muitos, mas serão completamente irrelevantes para a raça seja a curto ou a médio/longo prazo; além de irem perceber que não é um hobby barato e ao fim de algum tempo não será o lucro que os motiva, mas sim chegarem ao break even)

Claro que em todas as amostras podem haver excepções à regra, mas a necessidade de afirmação não será tão grande em quem já estabilizou emocional e profissionalmente. E as razões que o levaram ao hobby poderão ser bem mais altruístas. O altruísta passará sempre por defender a raça e tentar chegar devagar ao seu gato ideal, ao fim de várias gerações de exemplares bons e saudáveis.

Olhando para estas pessoas tão diferentes, somando a competição natural que existe na condição humana – mesmo na mais sonsa pessoa que exista -, é normal que não haja pontos de interesse comuns e relacionamentos muitos profundos. E os que se dizem bastante profundos estão assentes numa paz podre que pode rebentar à mínima descompensação.

É óbvio que este não é o mundo ideal, e o sul da Europa será sempre mais fértil neste tipo de «desencontros ideológicos» devido ao nosso sangue quente e também às condições sociais/culturais mais difíceis, mas é com ele que temos de viver. E se não se salvam as pessoas que se salvem os gatos!

Anúncios

~ por O bosque da noruega em 04/06/2014.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: